• Pesquisar:

Menu superior



Vias Seguras / Os acidentes / Estatísticas / Estatísticas estaduais / Estatísticas de acidentes no Mato Grosso do Sul


Menu à esquerda



Estatísticas de acidentes no Mato Grosso do Sul

Fontes: DETRAN, DATASUS, DPRF.

(Atualizado em 6/12/2017)

Dados gerais

População: 2,4 milhões de habitantes em 2010, 2,7 em 2015. Frota de veículos: 973.000 em 2010, 1.460.000 em 2016. Superfície: 357.000 km2

Avaliação do número de mortos no trânsito:

Ministério da Saúde (DATASUS), óbitos ocorridos no Estado: 834 em 2013, 855 em 2014, 679 em 2015.

Detran, mortos em Campo Grande: 132 em 2011, 124 em 2012, 110 em 2013, 98 em 2014.

DPRF, mortos nas rodovias federais do Estado: 226 em 2011, 175 em 2012.

Estatísticas disponíveis

O Detran publica estatísticas detalhadas, desde 2006, dos acidentes ocorridos em Campo Grande e em seis outros municípios do Estado.

O Ministério da Saúde fornece estatísticas abrangendo os acidentes ocorridos em todas as vias do estado, através da base de dados DATASUS. Estas incluem os números de mortos em acidentes e a sua repartição por categoria de usuários.

MS VF Datasus 2002a2015 Abril17

MS Datasus VF por tipo 2001a2010

Pouca variação da percentagem de "ocupantes de outros veículos" (carros, caminhões, ônibus), que ficou entre 36% e 40% entre 2005 e 2010.

Forte aumento da proporção de motociclistas, que passou de 25% a 37%.

Redução sensível da proporção de pedestres, que passou de 24% a 17%.

Índices (evolução de 2002 a 2010)

MS Datasus indices 2002a2010

Forte aumento da taxa de motorização, passando de 21,9 a 40 veículos por 100 habltantes.
Tendência à estabilidade do índice de mortos, em torno de 30 mortos por 100.000 habitantes.  

O gráfico abaixo permite comparar a evolução dos níveis de motorização e de mortalidade no Estado, na Região Centro-Oeste da qual faz parte e no Brasil inteiro, entre 2002 e 2010.

 Cada curva passa sucessivamente por nove pontos representando a situação nos nove anos do período 2002- 2010. As coordenadas de cada ponto são a taxa de motorização e o índice de mortos no Estado, na Região, ou no Brasil no ano correspondente. É possível, então, comparar o progresso da motorização e as suas consequências no estado, na região e no país.

O Mato Grosso do Sul tem praticamente a mesma taxa de motorizão que a Região Centro Oeste, porém, é um pouco mais perigoso: média de 30 mortos por 100.000 habitantes no Estado em vez de 28,7 na Região. Em relação ao Brasil, o Estado é muito mais motorizado (40 veic por 100 habitantes em 2010, em vez de 34) e muito mais perigoso (média de 30 no periodo em vez de 19,7)

Acidentes no Mato Grosso do Sul: estatísticas do DETRAN

Publicadas no portal do Detran até 2005 para o Estado

Acidentes em Campo Grande (MS)

Boletim publicado mensalmente no portal do DETRAN desde 2006

Acidentes no Mato Grosso do Sul: estatísticas do Ministério da Saúde

Mortos em acidentes de trânsito, de 2002 a 2015

Vítimas hospitalizadas, de 2002 a 2007

 Vítimas hospitalizadas, de 2008 a 2012

Acidentes no interior de Mato Grosso do Sul

 Boletim anual publicado, a partir de 2004, para as cidades de Três Lagoas, Ponta Porá, Paranaíba, Dourados e Corumbá e, a partir de 2007, para Nova Adradina.

palavras-chave: estatística; acidente; trânsito; Mato Grosso do Sul, MS