• Pesquisar:

Menu superior



Vias Seguras / Comportamentos / Direção Defensiva: Manual DENATRAN / Trânsito seguro é um direito de todos





Trânsito seguro é um direito de todos

Trânsito seguro

Introdução ao Manual de Direção Defensiva do DENATRAN

O que é trânsito?

De acordo com o artigo 1, parágrafo primeiro, do Código de Trânsito Brasileiro, trânsito é a utilização das vias por pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga e descarga.

E trânsito seguro?

Podemos dizer que é a definição acima, porém, sem riscos de acidentes.

Para um trânsito ser seguro muitos fatores influenciam:

Vias em bom estado e adequadamente sinalizadas, veículos em bom estado, condições climáticas favoráveis e principalmente bons motoristas e pedestres.

Apesar de um trânsito seguro ser um direito de todos, na prática isto não ocorre.

É devido na grande maioria dos casos, aos erros humanos – ocorridos por vários motivos.

Experimente observar o comportamento dos usuários e você verificará que uma sucessão de atitudes inseguras por parte de motoristas e pedestres, determina a insegurança no trânsito.

Os índices e a quantidade de acidentes no Brasil são a comprovação que o trânsito neste país ainda está longe de ser considerado seguro.

Alguns exemplos:

- Motoristas e passageiros que não utilizam cinto de segurança.

- Motociclistas que não utilizam o capacete.

- Pedestres que atravessam as vias em local e momento inadequado.

Temos também outros tipos que desrespeitam as regras de trânsito seguro, e repetidamente cometem infrações tais como:

- Passar o sinal vermelho.

- Realizar ultrapassagem perigosa.

- Dirigir em excesso de velocidade.

E assim, colocam em risco não somente a si próprios, mas também outros usuários.

Desse modo, apesar de um trânsito seguro ser um direito de todos, na prática, esse direito não é exercido. Devido principalmente ao não cumprimento do dever de respeitar as regras de trânsito.

Recomendamos ler a introdução do Manual, página 8, lembrando os quatro princípios básicos do trânsito seguro: dignidade da pessoa humana, igualdade dos direitos, participação, co-responsabilidade.

Para baixar o Manual, clique aqui.

Autor: Luiz Ernesto de Azeredo – Engenheiro e especialista em direção defensiva. Atua na área de projetos e programação de semáforos em Campinas-SP.